Filho suspeito de matar o pai não tinha antecedentes criminais, diz delegado - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Segurança13/07/2017 | 14h05Atualizada em 13/07/2017 | 14h05

Filho suspeito de matar o pai não tinha antecedentes criminais, diz delegado

Jovem de 20 anos afirmou em depoimento que o pai era usuário de crack e costumava ameaçá-lo de morte

Jornal de Santa Catarina
Jornal de Santa Catarina

O jovem de 20 anos suspeito de matar o próprio pai na tarde de quarta-feira no bairro Progresso em Blumenau foi ouvido pela Polícia Civil. De acordo com o delegado Bruno Effori, A. F. relatou que era constantemente ameaçado pelo pai, que seria usuário de crack há aproximadamente duas décadas.

De acordo com o delegado, o jovem disse que seu pai costumava agredir fisicamente a mãe e alegou ter agido em legítima defesa, fazendo o uso de uma barra de ferro, após o homem, que tinha 49 anos, tentar feri-lo com um facão.

Ainda segundo Effori, o jovem não tem antecedentes criminais. O pai teria boletim de ocorrência por violência doméstica. Na quarta-feira, o suspeito foi encaminhado à Central de Polícia, onde foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio. O IGP foi acionado e o corpo levado ao IML.

Este é o 21º homicídio registrado em Blumenau neste ano. No domingo, uma mulher foi morta a facadas no bairro Passo Manso, em Blumenau. Um homem de 54 anos teria matado a companheira, de 48 anos. O crime aconteceu por volta das 14h, na Rua Jasmim e segundo a PM, o homem teria esfaqueado a mulher dentro de casa.

Após golpear a vítima, o agressor ainda teria perseguido o filho, um adolescente de 12 anos, que fugiu e se abrigou na casa de vizinhos, segundo relato de testemunhas à PM. Em seguida, o homem tirou a própria vida. 




 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaHomem é preso suspeito de tentativa de estupro em Itajaí https://t.co/8nKSn9ajgW #LeiaNoSantahá 19 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCasais de SC que tiveram bebês trocados na maternidade há 29 anos vão receber indenização do Estado https://t.co/CoeCidGGXe #LeiaNoSantahá 48 minutosRetweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros