Bope recolhe dinamite deixada no pátio de empresa em Criciúma - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Segurança04/09/2017 | 16h35Atualizada em 04/09/2017 | 17h24

Bope recolhe dinamite deixada no pátio de empresa em Criciúma

Artefato estava em uma sacola junto com o estopim

Bope recolhe dinamite deixada no pátio de empresa em Criciúma Lariani Cagnini/Diário Catarinense
Foto: Lariani Cagnini / Diário Catarinense

Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Comando de Operações Busca Resgate e Assalto (Cobra) de Florianópolis removeram uma banana de dinamite encontrada no pátio de uma empresa em Criciúma. No local funciona uma de treinamento para vigilantes, e os funcionários perceberam a presença de uma sacola próxima ao muro lateral, por volta das 11h desta segunda-feira. 

O primeiro atendimento à ocorrência foi prestado pela Polícia Militar, que isolou o local e acionou o Bope. O esquadrão antibombas pediu que os funcionários fossem isolados em uma sala nos fundos do prédio, e tanto a rua lateral quanto a parte da frente, na calçada, foram isolados pelos PMs. O trabalho de retirada da sacola, da dinamite e do pavio durou cerca de cinco minutos.

O capitão Mário Luiz Silva, comandante da 2ª Companhia de Policiamento Tático (CPT) de Criciúma, explicou que não foi preciso detonar o explosivo pois ele estava inerte. A polícia acredita que a bolsa tenha sido lançada na madrugada, pois durante o dia há bastante movimento no local e ninguém percebeu nenhuma ação nas proximidades.

— Até o momento esse foi a única ocorrência do dia, e não temos nenhuma informação de que tenha relação com facção criminosa ou qualquer tipo de atentado. Desconhecemos a origem desse produto, inclusive se quem lançou tinha realmente a intenção de detoná-lo, pois quando encontrado ele já estava inerte — explicou o capitão.

Leia mais:
Secretário-adjunto da SSP defende rigor no sistema prisional para conter ataques em SC
Dupla morre em confronto após ataque à sede da PM em Itajaí
Criminosos incendeiam carro e parte do Centro de Zoonoses de Criciúma

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaEm reunião da Fiesc, Jorge Bornhausen comenta reunião com Temer https://t.co/j0VMwIdmqN #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaEspaço do centro administrativo da Vila Germânica deve dar lugar a mais camarotes no futuro https://t.co/62XJRU4GrS #LeiaNoSantahá 6 horas Retweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca