Mulher queimada pelo marido em Blumenau será enterrada nesta terça-feira - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Crime23/10/2017 | 21h31Atualizada em 23/10/2017 | 21h31

Mulher queimada pelo marido em Blumenau será enterrada nesta terça-feira

Filho de 11 anos do casal segue internado em estado grave

Mulher queimada pelo marido em Blumenau será enterrada nesta terça-feira Lucas Correia/Jornal de Santa Catarina
Crime ocorreu em uma casa na Itoupava Central na madrugada de domingo Foto: Lucas Correia / Jornal de Santa Catarina

Será sepultado nesta terça-feira em Bituruna, cidade no Paraná a cerca de 90 quilômetros da divisa com Santa Catarina, o corpo da mulher de 44 anos que morreu na madrugada de segunda no Hospital Santo Antônio, em Blumenau. Ela foi vítima das queimaduras que sofreu na madrugada de domingo, quando o marido jogou gasolina nela e no filho de 11 anos, trancou-os no banheiro de casa e depois ateou fogo no cômodo onde eles estavam. A mulher e a criança teriam corrido para fora do imóvel logo após serem atacados. A filha mais velha do casal chegou a tentar apagar as chamas no corpo da mãe, segundo informações que a Polícia Civil levantou no local.

Conforme Cristhian George Siqueira, delegado de plantão que atendeu o caso, o autor do crime ainda teria tentado fugir, porém também foi atingido pelas chamas e caiu a poucos metros da casa, momento em que foi detido por populares. Ainda não se sabe se ele tentou se suicidar. Segundo o delegado, a motivação para o crime seria a recente separação do casal:

– Pelo o que foi possível saber até agora, o homem estava inconformado com o término do relacionamento.

Ainda há poucos detalhes sobre o caso, até porque o homem segue internado em estado grave e não foi ouvido pela Polícia Civil. Ele foi preso em flagrante.

Uma vizinha que não quis se identificar conversou com a reportagem da NSC TV e relatou que as brigas eram constantes entre o casal e que isso teria motivado uma denúncia da vítima contra o autor do crime semanas antes.

– Eles brigavam demais. Ela falava que queria se separar. Mas ele não aceitava e dizia que se um dia ela fosse embora ele ia matá-la – revelou.

:::  Blumenau teve quatro mulheres mortas pelos companheiros em 2017

Garoto segue em estado grave 

O filho do casal, que teve 65% do corpo queimado, segue internado no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, e seu quadro inspira cuidados, mas é considerado estável. Ele passou por uma primeira sessão de remoção de resíduos ontem e hoje e sexta-feira deve retornar ao centro cirúrgico para novos procedimentos. 

Os nomes dos envolvidos não estão sendo divulgados para preservar a identidade dos filhos do casal, em respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente.

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDois foragidos de penitenciária no Rio Grande do Norte são presos em Indaial https://t.co/7mLzQDx1uM #LeiaNoSantahá 18 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaLadrões roubam R$ 40 mil de loja em Blumenau https://t.co/OVEFX8mR7A #LeiaNoSantahá 28 minutosRetweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca