PM limita deslocamento de viaturas em SC por falta de dinheiro para abastecimento - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Segurança Pública20/11/2017 | 18h48Atualizada em 20/11/2017 | 18h48

PM limita deslocamento de viaturas em SC por falta de dinheiro para abastecimento

Secretaria da Fazenda afirma que ainda nesta semana será liberado um valor extra para normalizar a situação

PM limita deslocamento de viaturas em SC por falta de dinheiro para abastecimento Germano Rorato/Agencia RBS
Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

Viaturas da Polícia Militar de pelo menos três regiões de Santa Catarina estão com o deslocamento limitado por conta da falta de dinheiro para o abastecimento dos veículos. A situação foi levantada pela Associação de Praças do Estado de Santa Catarina (Aprasc) e confirmada com fontes de batalhões do Sul, Oeste e Planalto Norte do Estado.

Em Dionísio Cerqueira, no Oeste, a permissão é para cada viatura rodar no máximo 50 quilômetros a cada turno de 12 horas. No Sul, em cidades como Araranguá, Ermo, Tubarão e Criciúma, e no Planalto Norte, em Mafra e Canoinhas, há orientações para que só sejam feitos deslocamentos para atendimento de ocorrências graves. Com isso, rondas preventivas estão suspensas.

Situação semelhante ocorreu semana passada em Palhoça e São José, na Grande Florianópolis, mas conforme a Aprasc nestas cidades o problema já foi resolvido.

Segundo o presidente da associação,  subtenente Edson Fortuna, em novembro deveria ter sido repassado pela Fazenda R$ 1,5 milhão para o abastecimento e só R$ 400 mil desse valor teria chegado aos batalhões.

— Isso tem sido comum e ocorre no Estado inteiro. E não só com combustível, mas com alimentação também. Não pode restringir o combustível da forma como está sendo feito enquanto a criminalidade aumenta de forma exponencial em SC. Rodar 50 quilômetros (limite que tem sido permitido em Dionísio Cerqueira) não é nada para um policiamento — diz Fortuna.

A Secretaria da Fazenda garantiu que não há atraso nos repasses para combustível à Secretaria de Segurança Pública, que seria a responsável por gerir esses recursos. Procurada, no entanto, a SSP informou via assessoria que apenas a própria PM se manifestaria sobre a situação.

A Fazenda também informou, por nota, que após reunião com o governador Raimundo Colombo (PSD) no início da tarde desta segunda-feira, o secretário Renato Lacerda definiu a liberação ainda nesta semana de crédito suplementar no valor de R$ 280 mil para a SSP com fins de aquisição de combustível para viaturas. "Trata-se de uma quota extra enquanto é feita a projeção da necessidade de recursos até o fim do ano", diz o texto.

A PM, também por nota, reforçou as informações da Fazenda e a previsão de normalizar os abastecimentos a partir da liberação destes recursos.

Leia também:

Viaturas da PM estão paradas por falta de combustível, diz Aprasc

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPrefeitura de Florianópolis possui todas as certidões negativas federais https://t.co/RB5s3knpjj #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCarolina Bahia: a turma do jogo duplo  https://t.co/MsjqZJcXkS #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca