Onze ônibus são atacados e depredados em Blumenau - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Segurança01/12/2017 | 17h38Atualizada em 01/12/2017 | 18h01

Onze ônibus são atacados e depredados em Blumenau

Veículos transportavam passageiros no momento em que foram alvo de criminosos

Onze ônibus são atacados e depredados em Blumenau Luis Carlos Kriewall Filho/Especial
Foto: Luis Carlos Kriewall Filho / Especial
Jornal de Santa Catarina
Jornal de Santa Catarina

Onze ônibus do transporte coletivo de Blumenau foram atacados enquanto operavam as linhas na noite desta quinta-feira (30). A Blumob, responsável pelos veículos, confirmou a informação em nota na manhã desta sexta (1º). À tarde, a empresa registrou boletim de ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia Civil, no Centro, que vai investigar o caso. 

Os ataques aconteceram em dez lugares diferentes da cidade, entre 21h e 23h. Para a empresa, isso sugere uma ação coordenada. Para-brisas e janelas laterais foram danificadas. Todos os ônibus transportavam passageiros no momento em que foram alvo dos criminosos. Em um dos casos, estilhaços atingiram as pernas de um dos motoristas. Um segundo condutor foi atingido próximo ao pescoço. Segundo a empresa, os dois casos foram leves e as vítimas passam bem.

Em nota enviada à imprensa durante a manhã de sexta-feira, a Blumob afirma que em quase dois anos de operação não havia registrado nenhum tipo de ocorrência desse tipo e que está em contato com as autoridades para a apuração do caso e responsabilização dos envolvidos. 

Polícia Civil investiga o caso

A Blumob registrou um boletim de ocorrência na 1ª Delegacia da Polícia Civil, no Centro, na tarde de sexta-feira. O delegado Cristhian George Siqueira, responsável pela DP, afirma que a dinâmica indica uma ação coordenada com mais de dois ou três participantes. A polícia ainda não identificou possíveis suspeitos e, conforme Siqueira, os autores vão responder por associação criminosa, dano ao patrimônio e lesão corporal de um motorista. 

O delegado indica que os locais onde ocorreram os ataques tinham poucos pedestres e são fáceis de fugir. Por envolver ataques simultâneos em diferentes locais da cidade, a apuração ficará a cargo da Divisão de Investigações Criminais (DIC). 

Já a Polícia Militar foi comunicada sobre os ataques às 21h28min de quinta. Segundo a única ocorrência registrada pela corporação, a PM foi acionada após o para-brisa de um ônibus ter sido atingido por uma bola de gude próximo ao chamado trevo da Parada 1, na Rua Engenheiro Udo Deeke, no bairro Salto do Norte. O material é semelhante às bolas de vidro descritas por membros da empresa que teriam sido usadas no atos.

Os policiais foram até o Terminal do Aterro, para onde o ônibus seguiu após ser atingido. Foi no local que eles receberam informações de um funcionário da Blumob de que outros dez veículos teriam sido atingidos e que eles foram recolhidos para a garagem. 

Locais das ocorrências:

- Rua Itajaí, próximo ao SESI
- Rua Pedro Zimmermann, próximo à Uniasselvi
- Rua 2 de Setembro, próximo ao colégio João Widemann
- Rua 2 de Setembro, esquina com Rua Romario Badia
- Rua Pedro Zimmermann, próximo ao aeroporto
- Dois ataques na BR-470, próximo à Isidoro Veículos
- Rua Almirante Barroso, em frente à Unimed
- Rua Bahia, em frente à antiga Gaitas Hering
- Rua Bahia, em frente ao mercado Ferreira
- Rua República Argentina, próximo à Ponte dos Arcos.

"O pessoal está com medo. Eu sei porque já passei por isso", afirma presidente do sindicato dos empregados do transporte coletivo 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaSeguradora vai doar R$ 2.018 para bebês que nascerem na virada do ano https://t.co/yk2Bw2JyNT #LeiaNoSantahá 8 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaPiloto de moto morre em acidente na BR-280 na madrugada de sábado https://t.co/Gtf9hD17fm #LeiaNoSantahá 10 horas Retweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca