Polícia fecha laboratório de maconha na Capital - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Tráfico de drogas19/12/2017 | 13h03Atualizada em 19/12/2017 | 13h03

Polícia fecha laboratório de maconha na Capital

Dois homens foram presos em flagrante

Polícia fecha laboratório de maconha na Capital Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação
diario catarinense

A Polícia Civil fechou na tarde de segunda-feira (18) o que chamou de maior laboratório de cultivo de maconha e skunk (uma variação da erva), em Florianópolis. Dois homens foram presos em flagrante.  

O cultivo era realizado em duas casas localizadas no Rio Tavares e no Morro das Pedras. Pés de maconha, pacotes de skunk, haxixe e óleo de maconha foram apreendidos. A polícia também apreendeu R$ 13,3 mil em dinheiro, insumos fertilizantes, maquinário utilizados no cultivo, três carros e uma moto. Nas duas casas havia câmeras de monitoramento. 

Os homens presos, de 38 e 42 anos, são de Campinas (SP). Um deles já tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas expedido por um juíza da cidade de origem. Ambos foram autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico. 

A prisão foi resultado de investigação da Divisão de Narcotráfico da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic). 

Leia mais:

::: Operação Veraneio terá 10 mil agentes em 61 cidades do Estado
::: Porto de Itajaí volta a operar com três cais


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaMulher de 33 anos, grávida, morre em acidente na Avenida Beira-Rio, em Brusque https://t.co/zjSzapV6BN #LeiaNoSantahá 27 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaMulher de 33 anos morre em acidente na Avenida Beira-Rio, em Brusque https://t.co/K3kC6aLbla #LeiaNoSantahá 37 minutosRetweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca