Polícia prende pastor por suspeita de pedofilia em Balneário Camboriú - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Segurança09/04/2018 | 11h54Atualizada em 09/04/2018 | 11h54

Polícia prende pastor por suspeita de pedofilia em Balneário Camboriú

Ele pedia fotos íntimas da vítima em troca da "cura de uma maldição¿

O setor de capturas da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú prendeu na noite deste domingo um pastor suspeito de pedofilia. Ele foi localizado ao chegar no local onde ocorreria um culto, no Centro da cidade.

O mandado de prisão foi expedido pela Justiça de Goiás, onde teria ocorrido o crime. Ele é investigado por manter conversas via WhatsApp com uma frequentadora da igreja, que seria menor de idade. Conforme a Polícia Civil, essas conversas tinham cunho sexual explícito. O religioso usava o pretexto de que a curaria de uma maldição e, por isso, pedia fotos à garota.

Até o momento não há indícios de vítimas em Santa Catarina.

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDuas pessoas morrem em acidente na BR-470, em Ilhota https://t.co/DzntbjJaXo #LeiaNoSantahá 10 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDois homens são presos após roubo a lotérica no Centro de Gaspar https://t.co/4xM5W69r7C #LeiaNoSantahá 11 horas Retweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca