Polícia prende mulher suspeita de incendiar casa de padre em Camboriú - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

 

Prisão09/06/2018 | 11h45Atualizada em 09/06/2018 | 11h45

Polícia prende mulher suspeita de incendiar casa de padre em Camboriú

Ela teria desavenças com o padre já tinha sido presa por assaltar a casa dele

Polícia prende mulher suspeita de incendiar casa de padre em Camboriú Jean Mazzonetto/NSC TV
Casa foi totalmente destruída pelo fogo Foto: Jean Mazzonetto / NSC TV
Jornal de Santa Catarina
Jornal de Santa Catarina

A Polícia Civil de Camboriú prendeu neste sábado de manhã uma mulher de 39 anos suspeita  de ter ateado fogo na casa de um padre em Camboriú na quarta-feira à noite. A residência no bairro Rio Pequeno pertencia ao padre Antônio Wilbert e foi totalmente destruída. Desde o início das investigações a polícia tratava o caso como um incêndio criminoso e tinha na mulher a principal suspeita, por causa de supostas desavenças entre os dois.

De acordo com a polícia, a mulher já havia sido presa no ano passado por ter assaltado a casa do padre e, de acordo com o delegado Paulo Caixeta Braga Junior, também teria feito várias ameaças contra o homem nas últimas semanas, desde que saiu do presídio em abril.

O mandado de prisão contra ela foi cumprido no bairro Rio Pequeno e, na Central de Plantão Policial de Balneário Camboriú, um policial civil teria visto novamente a mulher ameaçando o padre. O delegado acredita também na hipótese de tentativa de homicídio, pois na hora do incêndio o carro do padre estava na garagem e a luz da cozinha estava acesa, o que pode ter feito a mulher achar que a vítima estava em casa.

Com a prisão preventiva, ela será encaminhada ao Presídio Regional de Itajaí.

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaMotorista com caminhão invade casa e derruba parede no bairro Cidade Nova, em Itajaí https://t.co/0LFWtahO3c #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaHomem é preso após agredir a ex-companheira no bairro Victor Konder, em Blumenau https://t.co/gVE24yGOab #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca